sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Tiziu - Mirinaba fusoides Taxonomia


Tiziu - Mirinaba fusoides
Taxonomia
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Super Classe: Tetrapoda
Classe: Aves
Sub Classe: Carinatae
Ordem: Passeriformes
Sub Ordem: Passeri
Família: Emberizidae
Gênero: Mirinaba
Espécie: M. fusoides
Nome Popular: Tiziu
Distribuição
Todo o Brasil.
Habitam áreas abertas, capinzais altos, abundante mesmo ao redor de residências e arrozais.
Características
Pássaro que mede 11,5 cm de comprimento. Um dos pássaros mais conhecidos do Brasil. Os machos após a epoca de reprodução, passa para a plumagem de descanso de penas negras com o brilho azul-metálico e borda esbranquiçada.
Hábitos Alimentares
Granívoro.


http://riodejaneiroambiental.blogspot.com/
Imagem do google

Juriti - Leptotila verreauxi Taxonomia



Reino: Animalia
Filo: Chordata
Super Classe: Tetrapoda
Classe: Aves
Sub Classe: Carinatae
Ordem: Columbiformes
Família: Columbidae
Sub Família: Collumbinae
Gênero: Leptotila
Espécie: L. verreauxi
Nome Popular: Juriti
Distribuição
Em quase todo o Brasil.
Habitam áreas quentes com capoeira e campos adjacentes, bordas de florestas densas e cerrado.
Características
Mede 27 cm de comprimento. Pontas das retrizes laterais brancas e as penas das axilas e partes inferiores das asas ferrugíneas. Extremidades rêminge primaria mais externa afina abruptamente. Alto da cabeça cinza-claro, a região em torno dos olhos azulada, a face dorsal do pescoço verde-cobre e o restante do dorso cinza-pardacento; a maior parte da face ventral é violeta-clara e o abdômem esbranquiçado. Na fêmea, o colorido geral é mais claro do que o do macho.
Hábitos Alimentares
Alimenta-se de frutos e sementes no chão.


http://riodejaneiroambiental.blogspot.com/

Galo de Campina


Galo de Campina - Paroaria dominicana
Taxonomia
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Super Classe: Tetrapoda
Classe: Aves
Sub Classe: Carinatae
Ordem: Passeriformes
Sub Ordem: Passeri
Super Família: Passeroidea
Família: Emberizidae
Gênero: Paroaria
Espécie: P. dominicana
Nome Popular: Galo de Campina, Cardeal do Nordeste
Distribuição
A distribuição original era só no Nordeste, de onde vem seu outro nome popular "Cardeal do Nordeste". Espalhou-se para o sul, pela Baiha e Minas Gerais. Solto em cidades do sudeste, reproduziu-se e hoje mantém população estabelecida em cidades como Rio de Janeiro e São Paulo.
Habitam caatingas, cerrados e matas ralas.
Características
O adulto atinge 17 cm de comprimento. Pássaro de extraordinária beleza física. Plumagem dorsal acinzentada escura, ventre branco e cabeça em vermelho sangue. Não há dimorfismo sexual. Quando filhote possui as partes superiores pardo-enegrado e garganta ferrugínea.
Hábitos Alimentares
Alimenta-se de sementes.


http://riodejaneiroambiental.blogspot.com/
Imagem do google

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Maria da restinga


Maria-da-restinga

A maria-da-restinga é uma ave passeriforme da família Tyrannidae.
Características

Mede 12,5 centímetros. Semelhante a borboletinha-do-mato(Phylloscartes ventralis) na coloração da plumagem.
Alimenta-se de insetos e frutos.
Reprodução

Hábitos reprodutivos…
Hábitos

Frequenta o dossel de bordas de restingas arbóreas, florestas esparsas, capoeirões e bordas de matas secundárias próximas ao nível do mar. Vive solitário ou aos pares e acompanha bandos mistos.

Fonte do texto e Imagem
http://www.wikiaves.com.br/maria-da-restinga

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Cuco A ave espertinha



Olá.

Você já deve ter percebido que neste mundo tem muitos espertinhos. Tem aquele seu colega que quer levar vantagem em tudo; aquela promoção que só você acha que está ganhando, mas que na realidade quem ganhar é o vendedor, enfim, são tantos exemplos. Talvez você não saiba, mas a natureza também tem seus truques. Não pense que só seres humanos são espertos e inteligentes.

Hoje vamos falar um pouco sobre as aves parasitas.

Cuco... cuco...
Quem nunca viu algum desenho, do Pica-pau ou Tom & Jerry, onde havia um relógio na parede “cantando” o tempo todo e não os deixava dormir? É quase um clássico não é?! Pois bem, aquele bendito cuco existe sim, é da ordem dos Cuculiformes e vive na Europa e Ásia.



Diziam os antigos que tais relógios eram feitos com a ave empalhada, mas a verdade é que a ave é entalhada na madeira. Porém, alguns humanos sarcásticos adaptaram a idéia e começaram a fazer piadas de mau gosto com as aves, como mostra a figura a baixo.


Fora da época do acasalamento o cuco leva uma vida solitária. Alimenta-se de pequenos invertebrados, sobretudo insetos. Larvas peludas de insetos são um de seus alimentos preferidos. Possui dimorfismo sexual, ou seja, macho e fêmea são diferentes, neste caso, quanto sua coloração.
Cuco (Cuculus canorus), macho e fêmea

O cuco é péssimo pai e prefere destinar esta tarefa a outras aves. Quando um pequeno deixa por instantes seu ninho, a fêmea do cuco retira um ovo e bota um dos seus no lugar. Essa operação leva poucos segundos.

Aparentemente as diferenças quanto ao tamanho e cor são bem nítidas, mas para a ave parasitada não tem importância. Ela ficará olhando por alguns instantes e voltará a incubar os ovos. Há casos onde o ovo do cuco é muito parecido com os ovos de outras espécies de aves parasitadas.


Geralmente, os ovos do pássaro hospedeiro requerem treze a quinze dias de incubação e o ovo do cuco apenas doze. Assim o filhote de cuco nasce primeiro.










Depois de 1 a 2 dias, o filhote de cuco joga os outros ovos para fora do ninho, erguendo-os nas costas, com o auxílio das asas. Se já tiverem eclodido, joga também os filhotes.


A “mãe adotiva”, supondo que o cuco é seu filho, cuida dele com todo o carinho. Com apenas três semanas ele já ocupa o ninho inteiro.






Aqui no Brasil também tem cuco, mas eles são diferentes morfologicamente comparados com seu primos europeus.

Fonte do texto e Imagens
http://danianderson.blogspot.com/2009/12/avespertinha.html

Araras Azuis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...