segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Urutau, Mãe-da-lua .



Uma das maiores aves noturnas do continente sul-americano, com envergadura das asas de 1 metro. O seu tamanho é a principal característica para identificá-la, sendo muito mais corpulento do que o outro urutau (comprimento = 50cm, contra 38cm de Nyctibius griséus). Além disso, a plumagem é dominada por um tom cinza claro, com finas listras mais escuras. O comportamento é semelhante à espécie seguinte, ficando pousado em galhos secos, mimetizando-se com o entorno durante o dia. Como no outro urutau, não abre as pálpebras para controlar o ambiente, usando as “janelas” no meio da mesma. Dessa forma, as duas espécies escondem os enormes olhos amarelados, visíveis à noite com luz artificial.
Caça a partir do escurecer, também pousado na ponta dos galhos e buscando a presa, unicamente insetos, em vôo a partir do poleiro. Outra característica marcante é o chamado emitido no escurecer. Diferente do outro urutau, é um grito forte e mais grave, repetido a intervalos pequenos, seqüências longas ou curtas.
Ocorre, principalmente, nas matas ciliares dos rios Cuiabá e São Lourenço, além da mata do Bebe
e cerradões .

Curiosidades:
Pássaro que em tupi-guarani significa ave-fantasma, mas ele
também é conhecido como "mãe da lua", "kúa-kúa" e "uruvati"
Imagem e texto via internete


Um comentário:

  1. Oii, adorei o blog..
    Esse espaço dedicado as aves..
    Lindo e cheio de curiosidades sobre as aves..

    abraços

    ResponderExcluir

Araras Azuis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...