sábado, 24 de abril de 2010

Camussela


Camussela (Ploceus grandis). Uma das muitas aves endemicas de Sao Tome, que e tambem um gigante na familia. Curiosamente em Sao Tome existem uns quantos endemicos gigantes, so nas aves arrecada o maior Ploceideo, Nectarinideo e Serinus do mundo e os maiores Turdideo e Zosteropideo em Africa.



http://riscas83.blogspot.com
Pesquisa de texto e Imagem

Columba thomensis






As dificuldades são grandes mas em São Tomé e Príncipe não se anda de braços cruzados. A recente criação de um parque natural em São Tomé e outro no Príncipe, abrangendo a totalidade da floresta primária e utilizando a floresta secundária como zona tampão foi um passo de gigante na boa direcção. Cerca de 1/3 de cada ilha é hoje uma área protegida. Este valor extraordinário é o único capaz de garantir a conservação de um património biológico de importância mundial extremamente sensível à actividade humana. Paralelamente às accões do Governo, as duas principais Organizações Não Governamentais (ONGs) de conservação da natureza do país, a Associação Monte Pico e a Associação dos Biólogos São-tomenses (ABS) estão a trabalhar em força.

Columba thomensis (foto Martim Pinheiro de Melo)
Fonte da pesquisa e Imagem
http://riscas83.blogspot.com/

terça-feira, 20 de abril de 2010

Cegonha Branca (Ciconia ciconia L.)


A cegonha-branca (Ciconia ciconia) possui plumagem branca, exceto nas rêmiges das suas asas, que são de um negro lustroso. A cegonha adulta pode atingir a altura de tanto quanto 1,2 m, medindo quase 1,2 m de comprimento do corpo, com uma magnífica envergadura das asas, que podem estender-se até 2 m. Seu longo bico vermelho, amplo na base e pontiagudo, é usado pela cegonha para buscar no lodaçal rãs, peixes ou pequenos répteis. Além de pequenas criaturas aquáticas, alimenta-se de gafanhotos e locustas, e pode também recorrer a carniça e det A alimentação da Cegonha branca é muito variado.

O voo da Cegonha-branca (Ciconia ciconia L.)

Imagens do blog citado
e do google
http://obiologoamador.blogspot.com

segunda-feira, 19 de abril de 2010

A lenda do Hyoku



Segundo uma lenda milenar existiu uma espécie de pássaro especial no Japão que se chamava Hyoku.
Os antigos guardavam sua história como uma verdadeira lição para os homens de qualquer época.
É que segundo essa Lenda, o Hyoku era um pássaro que nascia apenas com uma asa.
Assim, desde o instante do seu nascimento ele buscava encontrar sua outra metade para unir-se a ela, se completando para conseguir sua realização de pássaro: voar.
Porque enquanto ele não encontrava sua metade, ele não chegava a ser efetivamente um pássaro, apenas mito.
A Lenda de Hyoku traz, por isso, uma lição profunda para todos nós: a de que um ser só é completo, quando encontra seu par!
Pena que ao contrário de Hyoku, muitas pessoas ao invés de buscar a metade que as realize, acabam na ilusão do poder, do egoísmo, do egocentrismo, reduzindo sua vida ao meio.
Incapazes de se darem a alguém, não conseguem nunca se completar como seres de fato.
Passam pela vida sendo apenas metade de GENTE.

Pesquisas do google Lendas.
Imagens texto
Reeditada.

Aves Migratorias


Aves migratórias dão exemplos de alimentação saudável

Antes de voar a cada outono rumo a regiões mais quentes, as aves migratórias consomem enormes quantidades frutas nutritivas, repletas de antioxidantes essenciais para a saúde humana, afirmou um estudo.

Essas frutas ajudam as aves a se preparar para uma longa e esgotante viagem, afirmaram os autores do estudo, apresentado na semana passada na reunião nacional da Sociedade Química Americana, em São Francisco (Califórnia, EUA).

"Sabemos que uma dieta rica em antioxidantes, como aqueles encontrados em frutas e verduras, é boa para a saúde humana", declarou, em um comunicado, Navindra Seeram, da Universidade de Rhode Island.

"Como químico, acredito que é fascinante saber que as aves migratórias também buscam alimentos ricos em antioxidantes".

Seeram e seus colegas recolheram mostras de 12 frutas comumente consumidas pelas aves migratórias da pequena Block Island, em Rhode Island, importante escala na rota para o Atlântico.

Os cientistas mediram os níveis de antioxidantes e pigmentos vegetais nas frutas em seu pico de maturação, incluindo frutas de inverno.

Descobriram que as aves preferem frutas do arbusto tipo "arrowood", que tem níveis mais altos de antioxidantes: 150% mais antioxidantes e 650% mais pigmentos que a média das outros frutas combinadas.

Algumas aves migratórias consomem por dia até o triplo de seu peso corporal em frutas durante a migração outonal.

Os cientistas já tinham determinado que algumas aves migratórias parecem preferir as frutas de cor escura, possivelmente porque estas têm níveis mais altos de antioxidantes.


"Esses antioxidantes combatem as doenças e podem ajudar as aves a suportar o estresse que experimentam durante os longos voos", disse Seeram.

Ele declarou que seu estudo proporciona mais evidências de que as plantas frutíferas evoluíram junto com as aves para garantir a ampla dispersão das sementes. "As aves mais inteligentes e as melhores frutas parecem estar unidas", disse. "Têm necessidade uma das outras". (Fonte: Folha Online)

domingo, 18 de abril de 2010

Grow Coroado






Origem.

África do sul.

Migração.

Eles migram no inverno, vivem em bandos grandes, sua capacidade de vôo é considerável, tendo relatos de chegarem até 4Km de altura.




Acasalamento.

As cerimônias de dança consiste em caminhar ao redor um ao outro com passos rápidos alternadamente, eles saltando alto no ar. Estas artimanhas freqüentemente são entremeadas com movimentos de alongamento das asas. Os pássaros apanham gravetos ou pedaços de grama nos bicos, lança-os no ar, e apunhala-os com os bicos dando a seus pares. Ambos os sexos fazem estas artimanhas, e os pássaros imaturos dançam freqüentemente como ativamente fazem os adultos. O dançar às vezes uma parte integrante de namoro, os pássaros se viciam nisto ao longo do ano e alguns acreditam que é mais uma expressão de exuberância e vivacidade que uma exibição sexual, muitos fazem seu galanteios para os seres humanos, o que é maravilhoso.

DIETA.

Comem todos os tipos de grãos, frutas pequenas e raízes, em cativeiro o ideal é fornecer uma ração de boa qualidade na forma peletizada. Eles também comem insetos e larvas de inseto, vermes, caracóis, anfíbios e répteis, pássaros e mamíferos pequenos, mas pouco peixe.

REPRODUÇÃO e CRESCIMENTO:

Constroem ninhos bastante vultosos de vegetação em áreas pantanosas, freqüentemente cercado pela água. A postura normal é de 2 ovos. Os ovos são um branco azulado e manchado. Sua incubação é 28 a 35 dias. Ambos os pais compartilham os deveres da construção do ninho da incubação e da criação dos filhotes. O jovem é coberto com penas vermelho amarronzado para cinzento e pode correr ativamente assim que eles nascem. A 10 semanas de idade eles podem voar.São pássaros tradicionalmente duradouros e entre os japoneses eles são símbolos de longevidade.


http://recantodosabia.blogspot.com/

Araras Azuis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...