quinta-feira, 22 de julho de 2010

Carta de uma Ave Re-editando

Carta de uma galinha que
pôs o maior ovo do mundo


O fato


Meu cocópanheiro galo Hermes,

Cisco essas mal traçadas linhas - mal traçadas, porque tô até agora me cocóçando toda e me tremendo cocóm me aconteceu -, no intuito de avisar que tô arrasada. Arrasada com o que você meu esposo, me escreveu duvidando de minha fidelidade. Eu esperava tudo, menos que você duvidasse de mim.

O que acocónteceu foi que botei um ovo diferente aqui em Cuba. Só. Depois dele, não sei porquê, cocó-mecei a cacarejar diferente. O pessoal do galinheiro diz vou sair no livro dos Re-cocó-rdes.

Eu não imaginava que para ser famosa, precisava tamanho sacrifício. Ai como doeeu!... Mas fique tranquilo que o doutor Saracura já me deu um cocó-comprimido.

No mais, lembranças para todos aí do galinheiro.

Saudações, Galinha Cubanacan

P.S.: meu novo vizinho aqui, 'seu' Avestruz, manda-te recomendações.

texto e imagem pesquisas google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Araras Azuis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...