terça-feira, 18 de agosto de 2009

O que são Aves de Rapina ?


- Designação dada às aves detentoras de certos atributos específicos que as distinguem das demais: as fortes e aguçadas garras, o bico poderoso com uma mandíbula superior afiada e curva e o ceroma mole e carnudo. Para além disto, são dotadas de uma excepcional visão e são excelentes voadoras.

Podem possuir hábito primariamente nocturno (como o Bufo Real), ou diurno (como a maioria dos falcões, gaviões, águias, abutres).

Existem 295 espécies que estão divididas em 5 famílias:

1 - Cathartidae:
São os representantes dos Abutres - desde aves de proporções medianas a algumas das maiores de todas as aves voadoras - apresentam uma cabeça desprovida de penas e grande envergadura de asa, útil ao seu mais comum tipo de voo: o voo planado.

2 - Pandionidae: São aquelas que desenvolveram um preciso sentido de olfacto, pouco vulgar entre as aves - a Águia Pesqueira é o único membro desta família.

3 - Accipitridae: Estão aqui representadas as águias e os falcões, de tamanho muito variável, ocorrendo em variadíssimos tipos de habitats em todo o mundo. Por exemplo, a Águia Real (Aquila chrysaetos).


4 - Sagittariidae:
Aqui está incluída uma única representante, o Serpentário, espécie africana perfeitamente adaptada à vida no solo.

5 - Falconidae:
Estão aqui incluídas 61 espécies espalhadas por todo o mundo. A mandíbula superior apresenta projecções características. Estas aves têm grandes cabeças, narinas e olhos redondos. Por exemplo, o Falcão-de-peito-vermelho (Falco deiroleucus).

Parte II

As aves de rapina (termo "rapina" = raptar, aves que raptam) são as aves pertencentes as ordens falconiformes (Águias, gaviões, falcões) e strigiformes (corujas). No geral, são aves de hábitos predatórios, possuem bico curvo e afiado, garras afiadas e fortes, além de serem dotadas de uma excelente visão. As espécies noturnas (Corujas) além da visão apurada, tem normalmente uma audição otima, graças aos seus discos faciais, essas aves são capazes de localizar um roedor caminhando no solo na mais completa escuridão, se utilizando apenas de sua audição, além disso outra adaptação especial das corujas é seu vôo silencioso graças as penas especializadas que fazem não causar turburlência / rúidos enquanto voam.

As aves de rapina apresentam grandes variedades de tamanho que vão desde a do tamanho de um sabiá (como por exemplo o Accipiter striatus até aquelas de grande porte como a Harpia atingindo quase dois metros de envergadura. Existem em todo o mundo aproximadamente 430 espécies de aves de rapina (corujas, gaviões, falcões, águias, etc.) distribuidas em todo o globo (exceto na antártida).

Em Relação aos Urubús (Cathartiformes) recentemente com as ultimas pesquisas biomoleculares, descobriu-se que são parentes das cegonhas e não dos gaviões, como se acreditava. São um tipo de cegonhas carniceiras, Portanto os urubus não são considerados aves de rapina, porém devido as semelhanças com os gaviões e seu importante papel no meio ambiente, decidimos englobá-los neste site.

Pesquisas via google e imagens

Um comentário:

  1. amei esse sait bjs
    estou sempre aqui>>>>>>>>>>>.bjks
    parabens

    ResponderExcluir

Araras Azuis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...