quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Captura e criação de aves exóticas


A grande percentagem das chamadas aves exóticas, morrem durante a captura, o transporte, ou durante a adaptação ao cativeiro. Felizmente hoje em dia não existe tanto a necessidade de se proceder à captura, porque é enorme a variedade de aves que já acasalam em cativeiro. Muitas das aves que se vendem hoje em dia em lojas e feiras nasceram, com efeito em cativeiro e a manutenção dessas aves em nossas casas, não afecta a população natural. Pelo contrário, as aves indígenas do continente europeu e nomeadamente as de Portugal dificilmente criam em cativeiro e o seu número tem vindo a diminuir drasticamente nos últimos anos devido à captura por parte do homem. É portanto, a criação de aves exóticas que mais interessa ao avicultor. Por um lado o seu número ainda não está seriamente afectado e por outro lado se tal vier a acontecer, a existência de exemplares perfeitamente adaptados à reprodução em aviário poderá abastecer as necessidades de mercado. Além disso, hoje em dia o excedente de crias que o avicultor consegue em sua casa e que pode vender nas lojas da especialidade, ajuda a suportar as despesas de alimentação e alojamento.


Fonte de pesquisa e Imagem:

http://vitorsppp.googlepages.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Araras Azuis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...