O tempo Vida !

O tempo Vida !
Não se troca um amor velho por um amor novo.Banners original do blog

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Aves em extinção Brasil




O perigo de extinção é algo muito comum principalmente nos tempos de hoje
. Os serem humanos sempre trouxeram esse risco para as sociedades animais, porém nunca antes com tanta velocidade e ferocidade como após a revolução industrial.
 A exploração excessiva dos recursos naturais acabou por destruir habitats e poluir ambientes necessários a vida de muitos animais.








 Um bando de araras voando é um magnífico espetáculo de se ver, mas muito ruim de se ouvir. A arara grita alto, muito alto, e sua voz não é nada afinada. Menos dotada que seus parentes, os papagaios, a arara só é capaz de aprender algumas palavras isoladas. Desde o século XVI as araras são muito procuradas como bichos de estimação e, antigamente, possuir uma arara era sinal de grande riqueza.
  As araras maiores e mais coloridas são encontradas nas florestas tropicais das Américas. São freqüentemente caçadas e mantidas em cativeiro. Existem 18 espécies de arara, todas com bico forte, língua carnosa e cauda longa em forma de espada. As araras alimentam-se principalmente de sementes, castanhas, frutos e insetos. O bico forte permite que elas escavem o tronco das árvores para comer larvas de insetos.

   As araras, em geral, fazem seus ninhos no oco de árvores como palmeiras. Os ovos são postos na primavera e os adultos alimentam os filhotes regurgitando a comida. Com seis meses de idade as araras já são bichos adultos.

Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Psittaciformes
Família: Psittacidae


CARACTERÍSTICAS:
Comprimento: até 1 m, inclusive 60 cm de cauda
Ninhada: uma por ano (2 ou 3 ovos)
Bico forte com mandíbula superior móvel
Dedos: 2 virados para frente e 2 virados para trás

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Araras Azuis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...