Parceiros & Amigos !

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Postura e Choco



Na época do acasalamento é conveniente aparar as penas da cloaca dos canários para favorecer a cópula, principalmente naqueles de penas longas!

A reprodução dos canários dependente diretamente do período de exposição à luz solar. A medida que os dias vão ficando com mais horas de luz, as aves passam por mudanças fisiológicas e hormonais, ocorrendo a reprodução.

Muitas espécies necessitam de dias com pelo menos 14 horas de luz para iniciarem a reprodução. Assim, mantê-las em local bem iluminado pelo sol é importante (não deixar diretamente exposto ao sol, pois podem morrer de calor!).

Ofereça uma alimentação rica e com vitaminas (especialmente Ferro e Cálcio), alimentos molhados como verduras e ovo cozido também insentivam o macho a cantar e dão o "clic" da maternidade na fêmea.

Para a fêmea é importante ter um macho em condições de reproduzir, que não seja velho nem novo demais, de modo que venha a apresentar o comportamento de fazer ninho e botar ovos. Para chocar e cuidar dos filhotes é necessário que exista comportamento reprodutivo entre o casal. Assim, você precisa de um bom canário macho reprodutor junto a sua fêmea em postura.

Se a canária puser os ovos e não chocá-los, verifique se não existem ectoparasitas no ninho (piolhos) ou nas aves - são pequenos e devem ser observados atentamente. É preciso também saber se a fêmea não está doente e se o ninho está em local adequado.

Aves doentes não ficam no ninho.

Se a fêmea não chocar os ovos, a última opção (caso você não tenha uma chocadeira em casa) é passá-los ao ninho de outra canária que esteja no processo de postura e torcer para que ela os adote.

É comum que a canária não choque os primeiros ovos que são colocados. Ela espera até por o último e passa a chocá-los todos juntos, pois o instinto diz que assim os filhotes nascerão no mesmo dia e não restará um menor e mais fraco.

Não são todas as fêmeas que possuem esse comportamento e por isso existem em pet-shops ovinhos de plástico para venda. Resume-se em retirar o ovo colocado pela fêmea a substituí-lo pelo ovinho de plástico e assim sucessivamente conforme os ovos sejam postos. Quando a fêmea acabar a postura, você retira os ovinhos de plástico e devolve os ovos verdadeiros para que ela os choque



PS: o ovo só desenvolve quando é chocado pela ave, enquanto eles estiverem fora da gaiola devem ser colocados em um recipiente seguro e acolchoado, com entrada de ar e livre do sol e da umidade. É indicado que se coloque o recipiente com os ovos em algum local alto para evitar que crianças ou animais domésticos mexam neles.
Fonte do texto da Pesquisa-->http://canarioecia.blogspot.com/

Um comentário:

  1. Olá, boa noite.
    Mais um excelente artigo. Parabéns à autora e à pesquisa desenvolvida pelo "O Tempo Vida".
    Este artigo é um pouco como a história do ovo do colombo, só que aqui o que foi escrito todos sabemos como se faz mas ninguém se lembra de o transmitir com a esta clareza.
    Saudações ornitófilas.

    ResponderExcluir

Araras Azuis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...