quarta-feira, 16 de junho de 2010

Guaxe



Vítimas do desmatamento: com a perda do hábitat, aves como este GUAXE (Cacicus haemorrhous) buscam desesperadamente alimento nos quintais das casas das áreas urbanas, onde são recebidas com pelotaços, pedradas e tiros. Clique sobre a imagem para ampliar

É chocante e muito triste um fenômeno recente nos centros urbanos dos municípios com grandes índices de desmatamento da Mata Atlântica. Devido a perda repentina do hábitat, espécies de aves, muito raras, antes só encontradas em matas bem preservadas, agora são facilmente observadas procurando alimento desesperadamente nas árvores frutíferas dos quintais das casas nas áreas urbanas destes municípios quase totalmente devastados.

Na Páscoa, 04/04/2010, num dia chuvoso e frio em Itaiópolis (SC), observei em um abacateiro no quintal da casa de minha irmã, em plena área urbana, três exemplares de GUAXE (Cacicus haemorrhous) famintos atacando os abacates verdes (veja a foto acima). Itaiópolis é um dos municípios recordistas em desmatamento de Mata Atlântica (Matas de Araucárias) nos últimos 15 anos.

Uma vizinha relatou-me que na casa dela também estão aparecendo aves raríssimas, que nunca tinha visto antes. Lá, o guaxe está atacando até as flores do jardim, principalmente a Lanterna-chinesa (Abutilon striatum).

O guaxe constrói o ninho em forma de um saco usando geralmente como material uma espécie de bromélia (Tillandsia usneoides), conhecida como barba-de-velho, e costuma nidificar em colônias, o que garante maior proteção dos filhotes, conforme mostra a imagem feita na borda da RPPN Corredeiras do Rio Itajaí , em Itaiópolis (SC).

Um comentário:

  1. Meu criei no interior, nunca havia visto um Guache. Há 2 anos vi pela primeira vez num abacateiro no perímetro urbano que moro. Fixaram residência. Isto em Carazinho/RS

    ResponderExcluir

Araras Azuis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...