O tempo Vida !

O tempo Vida !
Não se troca um amor velho por um amor novo.Banners original do blog

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Mainá


Ele é sabidamente uma ave falante de primeiríssima linha. E tem, ao menos, o mesmo potencial como bicho de estimação que papagaios, araras e afins. Mas a popularidade do Mainá não chega nem perto da de seus colegas acima citados.
Até no país mais representativo do mundo na criação de animais domésticos, os Estados Unidos, o hobby em torno dele é bastante restrito.
Não há entidades especializadas em Mainás, nem uma grande participação de suas espécies nas exposições de beleza. Também não é encontrado na maioria dos pet shops e há pouquíssimos criadores que se dedicam a ele. “Realmente, não há nos EUA um hobby muito forte ao redor do Mainá; existem poucas lojas que o vendem e poucos criadores”, atesta a criadora norte-americana Susan Boyer.
Se lá a situação é essa, imagine no Brasil. Aqui, se há alguém que crie Mainá – no sentido, é claro, de obter procriação -, esse alguém anda muito bem escondido.
Cães & Cia fez uma verdadeira busca em território nacional. Conversou com dezenas de pessoas das mais atuantes no hobby de ter e criar aves – ornitólogos, criadores de diversas espécies, veterinários especializados, lojistas, importadores -; todos desconheciam a existência de alguém que se dedicasse à criação de Mainás no País.
Lojas que o vendam assim como proprietários particulares são bem poucos mas existem e, em comum, eles têm o fato de seus exemplares serem, todos, importados

Fonte da Pesquisa
http://planetabird.wordpress.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Araras Azuis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...