sexta-feira, 9 de outubro de 2009

PERU

Distribuição geográfica: Os Perus selvagens são uma das espécies de pássaro mais amplamente distribuídas na América do Norte. Eles são achados ao longo da maioria dos Estados americanos. Eles também são encontrados em algumas partes do México. Os perus selvagens foram introduzidos na Alemanha e Nova Zelândia. (Eaton, 1992)
Habitat: Perus selvagens preferem as florestas que possuem locais abertos como pastos, campos, pomares e pântanos sazonais. (Eaton, 1992)
Reprodução: Perus selvagens são poligamos. Machos tentam atrair fêmeas "gorgolejando" e abanando o rabo de um lado para o outro, as asas abaixam e se arrastam no chão, a parte de trás empena e se ergue, a cabeça é jogada para trás e inflam o peito. Podem ser ouvidos os gorgolejos de perus selvagens machos podem ser ouvidos a uma distância de até 1.61 quilômetros. (Eaton, 1992)

Perus selvagens criam em começo de primavera; populações sulistas começam namoro em fim de janeiro e populações do norte começam em fim de fevereiro. Eles criam uma ninhada por estação. O ninho é uma depressão rasa no chão, normalmente cercado por grama densa, videiras, ou topos de árvore caídos. As fêmeas põe de 4 a 17 (normalmente 8 a 15) ovos. Ela incuba os ovos durante 25 a 31 dias. Os pintinhos são precoces, e são capazes de se alimentar sozinhos dentro de 24 horas após o nascimento. Os perus jovens ficam com a mãe e o pai por todo o outono (machos) ou o começo de primavera (fêmeas). Perus são capazes de procriação com 10 meses de idade aproximadamente, entretanto machos jovens não são tipicamente prósperos competindo com machos mais velhos.
É comum as fêmeas botarem seus ovos no ninho de outras fêmeas. Estas espécies também são conhecidas por botar ovos nos ninhos de faisão. (Eaton, 1992)
Tempo de Vida: A probabilidade de vida comum para perus selvagens é calculada a 1.3 a 1.6 anos.
Comportamento: Perus selvagens são de habitos diurnos e não migratórios. De dia, eles pastam em campos e bosques e podem ser vistos facilmente. À noite, eles empoleiram em árvores.
Perus selvagens são geralmente cautelosos, e tem boa visão e bons ouvidos. Eles podem voar a uma dintância curta acima de 88 km/hr e podem correr a 29 km/hr.
Comunicação: Os Biólogos reconhecem 15 vocalizações de peru selvagens diferentes pelo menos, inclusive o "gorgolejo". O "gorgolejo" é dado principalmente por machos com o propósito de atrair fêmeas e repelir outros machos. Outras vocalizações são usadas através de ambos os sexos para comunicar uma variedade de mensagens. (Eaton, 1992)
Curiosidades: O peru é um dos pássaros mais famosos na América do Norte.. Na realidade, Benjamim Franklin quis fazer o peru selvagem, não a Águia Careca, o pássaro símbolo nacional dos Estados Unidos. A popularidade do peru vem da tradição americana de comer o peru em ocasiões especiais como Dia de Ação de graças e Natal.
Peru doméstico: O peru doméstico origina dos perus selvagens, cuja origem vem dos Estados Unidos e México. Através de cruzamerntos e de trabalhos genéticos conseguiu-se chegar a várias outras raças com características próprias, não só na mutação de cores, como também no peso de cada espécie.

Há nos Estados Unidos, uma raça que não atinge o peso exagerado e é ideal para o consumo familiar, é a Beltsville White. O macho chega a pesar 8 quilos e a fêmea 6 quilos. Perus jovens, com 6 meses de idade, chegam a pesar 3,5 quilos e uma fêmea de um ano chega aos 5 quilos.

Além do Beltsville white, outras raças também podem ser criadas, como a Standard Bronzeado, o Bronze peito largo (Bronze Breasted Turkey) , o Holandês branco, o Bourbon vermelho, o Narragansett, o Negro de Norfolk e o Ardósia. O macho holandês branco chega a pesar 15 quilos, e a fêmea, 8 quilos. Já o macho Bourbon vermelho atinge 16 quilos, enquanto a fêmea pode ter até 9 quilos.

Subespécies (6):

Meleagris gallopavo gallopavo
Meleagris gallopavo merriami
Meleagris gallopavo osceola
Meleagris gallopavo silvestris
Meleagris gallopavo mexicana
Meleagris gallopavo onusta
Meleagris gallopavo intermedia

Imagem e pesquisas do google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Araras Azuis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...